Notícias

Imunização

Imunização: um compromisso que protege a sua saúde e dos que estão próximos

A imunização da população é feita através da vacinação, que tem um calendário que se inicia logo nos primeiros dias de vida.

Essas vacinas são fundamentais para proteger a saúde, pois controlam e erradicam doenças infectocontagiosas. A maior parte das doenças, que podem ser prevenidas por vacinas, são transmitidas pelo contato com objetos contaminados ou quando o doente espirra, tosse ou fala.

O Ministério da Saúde conta com o Programa Nacional de Imunizações, um trabalho reconhecido mundialmente. Quando uma pessoa, especialmente crianças e adolescentes, mantém sua carteira de vacinação em dia, ela está cuidando da própria saúde, e também dos que estão próximos e poderiam se contaminar, difundindo as chamadas epidemias, que muitas vezes causam uma série de mortes.

É fundamental ressaltar que, diferente do que algumas pessoas tem dito, as vacinas são seguras e eficazes, pois são produzidas com microrganismos da própria doença que previne, quando eles enfraquecidos ou mortos, deixando o corpo apto ao combate, caso seja necessário.

Antes de serem liberadas, as vacinas passam por diversas fases de avaliação, sendo que no Brasil esse trabalho é feito pela Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

É comum que algumas vacinas causem pequenos efeitos colaterais como dor no local da injeção e febre baixa, o que pode ser considerado irrelevante perto de uma doença grave.

O Ministério da Saúde tem um calendário de vacinação onde são distribuídas as doses, desde o recém-nascido, passando por crianças, adolescentes, adultos e idosos, além de gestantes, que também precisam de doses especificas.

Esteja sempre atento a sua caderneta de vacinação e informe-se nas unidades de saúde.